.

Ficha Técnica

ARQUITETURA:
ELIZA SCHUCHOVSKI

INTERIORES:
ELIZA SCHUCHOVSKI

EQUIPE:
BRUNA GREGORINI, JULIANA FREITAS e MATHEUS REIMÃO

INÍCIO:
2016
AREA CONSTRUÍDA:
1200m²

LOCALIZAÇÃO:
ITAJAÍ-SC

Conhecer o terreno, à primeira vista, foi desafiador. Tratava-se de um local com duas frentes que se encontravam em um ângulo muito fechado criando um grande bico, além do aclive grande de quase 40% em um terreno envolto por uma reserva ambiental da Mata Atlântica. Do ponto central do terreno é possível ver o mar acima da grande vegetação do morro.

O desejo principal dos proprietários para esse projeto foi que a área que se formava na esquina fosse bem aproveitada, para que a residência ocupasse ao máximo possível o lote, que inclusive, nesta ponta, eles pudessem ter uma vista panorâmica.
O resultado foi uma arquitetura que criou um impacto visual muito imponente para a fachada. Da mesma forma, evitamos uma volumetria vertical inadequada para ocupar um morro. Foi criada uma casa para morar em um futuro próximo, envoltos pela natureza e a bela vista para o mar azul da Praia Brava Sul em Itajaí, Santa Catarina.

O pavimento de acesso é destacado com o único elemento vertical neste projeto que representa uma referência aos galhos de árvores, formando um desenho triangular na fachada. Abas horizontais revestidas com acabamento amadeirado emolduram as janelas do segundo pavimento, e fazem o papel arquitetônico de horizontalidade no projeto, além de funcionarem para diminuir a incidência solar na fachada que é quase toda em vidro.
A planta da casa é convidativa por enaltecer a integração de todas as áreas sociais, além de unir o térreo com o pavimento superior através de um mezanino. O mezanino é o palco principal da residência, com destaque para a grande escada helicoidal, uma verdadeira escultura, que se encontra no corpo central da casa em uma linda fachada triangular recoberta de vidro.

A área gourmet, localizada no térreo, está próxima ao bico da residência, e se integra à área externa e à piscina que ocupa exatamente a extremidade do bico do lote. A piscina, por sua vez, faz alusão a um grande barco com um casco todo assimétrico para quem a observa externamente, do ângulo da rua, e acima dela está um grande balanço, permitido através de uma estrutura protendida. Com o projeto, a suíte máster detém a vista principal da residência, por sua altura em relação ao solo.

Todo o condomínio apresenta diversos lotes com uma topografia muito acidentada. Com a existência da preocupação em não expor os telhados para seus vizinhos, foi projetada uma cobertura verde que inclusive auxilia no controle de temperatura da casa. O resultado é uma residência ampla, que aproveita ao máximo o terreno, perfeita para os moradores receberem seus amigos com uma vista encantadora para o mar.